Cachorros matam mulher grávida de 29 anos e seu bebê

Publicado por Consulte Notícias em

Anúncios

Um caso bastante fora do comum resultou em uma barafunda do norte da França. Uma grávida de 29 anos, tragada Elisa Pilarski, saiu para passear com seus cinco cães e tudo acabou bastante mal.

A barafunda de Retz, no qual a grávida foi passear, encontra-se próxima de sua casa e sobre 80 km da capital da França, Paris. A jovem aparecia em uma preparação de seis meses e foi encontrada morta com várias mordidas de cães por todo o corpo. O bebê similarmente acabou falecendo.

Anúncios

No sábado, no momento em que saiu para passear, Elisa tinha telefonado para seu camarada Christophe e o alertado pelo medo de ser atacada pela matilha de cães. O rapaz conta que procurou a moça na barafunda e viu o automóvel, porém neste hora cerca de 30 cães haviam chegado e ele teve que ir ainda que.

Christophe chegou a analisar Elisa e diz que ela parecia revestimento de mordidas, tendo algumas de suas moda arrancadas. O consorte da moça pediu auxilia a um residente, que chamou a polícia. Chegando lá, os militares encontraram Elisa sem vida e com mordidas em seus patas superiores, inferiores e na cabeça.

No local no qual Elisa foi passear, aparecia acontecendo uma procura. A polícia abriu uma investigação de assassinato, porém agora faz vários testes de ÁCIDO DESOXIRRIBONUCLEICO para experimentar mirar quais e a quem pertenciam os cães que mataram a moça. São mais de 93 cães que estão sendo investigados, dentre eles estão os cinco que pertenciam à Elisa.

A autópsia apontou que a moça morreu entre 13h e 13:30h. Os responsáveis pela procura afirmam que os cães que atacaram a grávida não pertencem à eles e firmam que não exitem provas o satisfatório para provarem isto.

Categorias: Notícias

0 Comentário

Deixe uma resposta

Espaço reservado para avatar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese