Tremor de terra na cidade de Congonhas deixa população com medo da barragem romper

Publicado por Consulte Notícias em

Anúncios

Na noite desta segunda-feira (25), moradores da município de Congonhas, Minas Gerais, ficaram em susto depois de sentirem a terra arranhar. De acordo com o Sargento Roberto Silva, foram diversas ligações para os bombeiros, porém por enquanto nada de dramático foi registrado.

Testemunhas disseram que por volta das 20h30 começou o tremor, fazendo com que vários saíssem de casa com medo que o pior acontecesse. As autoridades confirmaram o tremor e disseram que ele foi intuito em diversos pontos do município, porém até agora ninguém sabe qual teria sido a pleito.

Anúncios

Como a município de Congonhas abriga a barragem Casa de Pedra, os moradores que estão nas áreas de perigo ficaram com medo de uma nova fatalidade, assim como resultou em Brumadinho.

A Compdec – Coordenadoria Municipal de Proteção e Intervenção Civil, informou que entrará em contato com a CSN Garimpo, a Gerdau e similarmente a Vale para afirmar se foi realizada qualquer irrompimento nesse horário, no finalidade de encontrar o que pode ter causado o tremor na município.

A coadjuvação dos Bombeiros informou que não houve vítima ou devastação material, porém a indivíduos ficou em susto com medo de um possível zanga da barragem. A CSN divulgou um comunicado ao portal UOL informando que esse tremor em Congonhas “ não causou nenhuma anomalia na estrutura da barragem”.

Também de acordo com a empresa, as equipes de auditoria estão em atento e fazendo o auditoria da situação. Vários moradores sabem que não dormirão tranquilamente esta noite, alguns até precisam ficar acordados para não serem surpreendidos em caso de uma fatalidade.

Anúncios

Vale realçar que a barragem Casa de Pedra é 5 vezes maior que a de Brumadinho, ou seja, o esfacelo seria bastante maior, e a indivíduos inteirado disso sabe que estão com a motivo no momento em que dizem que o perigo é grande.


0 Comentário

Deixe uma resposta

Espaço reservado para avatar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese